terça-feira, 9 de junho de 2009

'' DEMOCRACIA "




Jornal Extra Online


Publicada em 09/06/2009 às 13:08


Governador diz que não quer os 44 PMs absolvidos patrulhando ruas


Luiz Ernesto Magalhães

RIO _ O governador Sergio Cabral disse nesta terça-feira que vai orientar o secretário de segurança Pública, Jose Mariano Beltrame, a manter afastados das ruas todos os policiais que foram absolvidos pela Justiça. Segundo Cabral, o estado já tem sua opinião formada de que estes policiais são culpados e espora que o Ministério Público consiga provar isso em instâncias superiores.
Cabral, no entanto, não soube informar se os 44 PMs até o julgamento na segunda-feira já cumpriam apenas funções administrativas enquanto aguardavam o pronunciamento da Justiça ou se estavam participando do patrulhamento ostensivo nas ruas.



Mais uma vez podemos notar claramente a como estávamos preparados para uma “Democracia” fico triste ao saber, baseado nas informações deste respeitado Jornal, as declarações do Sr Governador, se não me falha a memória, a pouco tempo atrás, em uma fatalidade onde uma criança morreu após um erro cometido por um policial, o Sr Governador teve uma atitude semelhante a esta, onde, como Homem Publico e principalmente Governador de um Estado, se referiu aos policias envolvidos como “Débeis mentais” e que, mesmo sendo absolvidos pela Justiça, iria colocá-los na rua.


Perdoe-me a minha ignorância, porem acho que devemos ter “equilíbrio” não só em nossas atitudes como também em nossas palavras, ainda mais uma pessoa tão importante.


Eu também não gostei do resultado das Eleições para Governo do meu Estado, no entanto, por vivermos em um Estado Democrático, prevalece a vontade da maioria e cabe a mim acatar essa vontade porem, nesse caso especifico, há um equivoco, não cabe a vontade de um homem só e muito menos a vontade da opinião publica manipulada, prevalece as Leis previamente estabelecidas.


Ao ouvir tais declarações, me resta saber o verdadeiro significado da palavra “Discriminação” e como ela é previstas nas Leis.


Ricardo Garcia

Cidadão Brasileiro









Um comentário:

  1. Um grande texto de um grande cidadão sargento de polícia.

    ResponderExcluir

Deixe aqui seu comentario e obrigado por participar