quinta-feira, 15 de setembro de 2011

EX

JORNAL O DIA (online)
15.09.11 às 15h15 > Atualizado em 15.09.11 às 15h20
Ex-PM de UPP é preso em Nova Iguaçu acusado de assalto
Rio - O ex-policial militar Júlio César Nascimento Barreto Silva foi preso nesta quinta-feira em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense, por policiais militares do 20º BPM (Mesquita) assaltando transeuntes. As informações foram confirmadas pela assessoria de imprensa da Polícia Militar.
O acusado foi levado para a 56ªDP (Comendador Soares). Julio Cesar chegou a trabalhar na UPP do Morro da Babilônia, em 2009, quando foi inaugurada. Três meses depois, no entanto, pediu desligamento da corporação

A primeira pergunta que faço aos Srs é: Qual era a ocupação desse “Sr” Julio Cesar antes de entra para a Policia? Mecânico, Pintor, desocupado ? qual?

Ele deixou de ser alguma coisa para ser Policial Militar, agora ele também não é mais Policial Militar então para que colocar em destaque “EX PM” será que é falta do que fazer? Ou será que o sensacionalismo as custas de outros é a única forma que sabem executar suas profissões?

Deveríamos ter alguém que rebatesse noticias como esta e começasse a cobrar judicialmente os danos morais os quais causam esse tipo de “colocação”

No entanto, o que presenciamos é a conivência e ate mesmo a cumplicidade já que o orgulho não é colocado como prioridade no caso de alguns.

Por outro lado, se tivesse esse “Sr” salvado a vida de alguém, com toda a certeza não teriam classificado como “EX PM” pois só as coisas de ruim é que colocam.

Esses tipos de pessoas as quais se vangloriam de colocá-las nas ruas é que deveriam ser evitada as suas entradas, no entanto, é mais importante o numero e não a qualidade, pois há a necessidade de passar a sociedade uma falsa sensação de segurança para que sirva como resposta aos fatos os quais desmascaram a incompetência e a omissão.

Já no caso desse “Sr” ele pediu o desligamento o que nos deixa ainda mais preocupados, afinal, ele ainda poderia estar nas fileiras e fazendo o que foi acusado de ter feito.

Seria bem pior para aqueles os quais honram a farda pois seriam generalizados como sempre foram.

Ricardo Garcia
Sargento de Policia
Cidadão Brasileiro

3 comentários:

  1. A culpa é da assessoria de imprensa da PM, que come na mão da mídia, se curva perante ao governo e nada faz para mudar a imagem da corporação, é mais um Cel a ganhar DAS, somente isto, só aparece para falar besteiras.

    ResponderExcluir
  2. MP denuncia quatro policiais militares envolvidos na morte do menino Juan ( CADÊ O LAUDO DA EXUMAÇÃO?)

    O Ministério Público do Rio denunciou nesta 5ª feira os PMs Isaias do Carmo, Edilberto Barros do Nascimento, Ubirani Soares e Rubens da Silva por dois homicídios duplamente qualificados e duas tentativas de homicídio duplamente qualificado. Eles são acusados de matar a tiros Igor de Souza Afonso, o menino Juan Moraes Neves, e ferir outros 2 jovens , em junho deste ano, em Nova Iguaçu. Os crimes foram agravados pelo fato de uma das vítimas ser menor de idade e por causa do abuso de poder.

    ResponderExcluir
  3. Olá,

    Gostaria de saber se você tem interesse em fazer uma parceria com o Programa Casa Segura.

    Este tem como intuito conscientizar e orientar sobre os riscos de acidentes causados por instalações elétricas inadequadas e o impacto destas no consumo excessivo de energia.

    Para conhecer um pouco mais o projeto peço para que você acesse a página: http://www.programacasasegura.org.

    Para começar nossa parceria gostaríamos que você divulgasse o "Minuto Casa Segura" o qual demonstra em uma animação rápida algumas dicas para evitar incêndios em casa: http://www.youtube.com/watch?v=y5jqwpSMe3k&feature=player_embedded

    Abraços,
    natalia.casanova@tikao.com.br

    ResponderExcluir

Deixe aqui seu comentario e obrigado por participar